Dia Mundial do Meio Ambiente. Conheça as práticas sustentáveis da Sicredi União PR/SP

Sede sustentável, gestão de resíduos, reaproveitamento de materiais, incentivo às boas práticas entre os associados… é grande a lista de iniciativas sustentáveis da Sicredi União PR/SP, afinal, a instituição cooperativa é signatária do Pacto Global e norteia suas práticas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

E como nesta sexta-feira (dia 5) é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Sicredi União lista práticas sustentáveis, entre elas a construção da nova sede, em Maringá, que será concluída no final de 2021. Com duas torres e sete andares, a obra privilegia a incidência solar, ventilação cruzada e terá áreas destinadas ao uso da comunidade, creche para filhos dos colaboradores, bicicletário, entre outros. O projeto, que tem uma rígida gestão de resíduos, inova ao implantar tecnologias sustentáveis que viabilizarão a busca pela certificação Leed Platinum, chancela máxima de sustentabilidade no mundo.

Já as agências contam com tecnologias que contribuem com a redução de consumo de água em torneiras e vasos sanitários, e diversas têm sistema de captação de energia solar. Na Superintendência Regional (Sureg) o uso de plásticos descartáveis foi suspenso e há sistema de automação nas salas de reuniões para a melhor gestão do consumo de energia elétrica.

Outro projeto que enche colaboradores e associados de orgulho é o Transformar, que gerencia os resíduos sólidos da Sureg. Ao longo do ano são realizadas a separação e a destinação dos materiais reciclados, resíduos e orgânicos. Os reciclados são vendidos e a receita é destinada ao Natal Ecológico e Solidário da instituição Lins de Vasconcellos, que atende crianças e adolescentes. Só no ano passado foi feita a destinação correta de 12,46 mil quilos de papéis e plástico, envolvendo 200 colaboradores e 180 crianças e adolescentes. Também foram feitas diversas palestras e oficinas de educação ambiental.

A cooperativa integra ainda a campanha de ecoeficiência do Sistema Sicredi. É uma forma de evitar desperdícios e reduzir custos. Todas as viagens aéreas, consumo de energia elétrica, quilometragem percorrida pelos colaboradores e para transporte de dinheiro e malotes, gastos de papel sulfite, entre outras formas de consumo, são catalogados para se transformar em um inventário de emissão de gases do efeito estufa. Daí anualmente a cooperativa realiza o plantio de árvores para garantir a compensação do impacto ambiental.

O reaproveitamento também permeia iniciativas como a reutilização de uniformes para a confecção de milhares de máscaras para ajudar no combate à propagação do novo coronavírus. Já os banners se transformam em bolsas ecológicas, produzidas por alunos das Apaes de Maringá e Nova Esperança, por meio do projeto Eu Coopero com a Inclusão.

As boas práticas são extensivas aos associados, que contam com linhas de crédito exclusivas para projetos de geração de energia solar e recebem a fatura de cartão de crédito pela internet, reduzindo o consumo de papel por faturas físicas.

Para o diretor executivo, Rogério Machado, as boas práticas adotadas pela Sicredi União são resultadas de um amplo trabalho feito junto aos colaboradores, diretores, associados e comunidade e permeiam todas as iniciativas da cooperativa. “Pregamos a simplicidade, fomentamos a economia local, incentivamos a sustentabilidade e adotamos boas práticas, tanto que o crescimento sustentável consta na nossa visão. Se a prática vem do exemplo, estamos fazendo nossa parte”, comenta.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Avaliar:

(0)