Sicredi Dexis lança o evento Conecta Negócios Sustentáveis

Sicredi Dexis lança o evento Conecta Negócios Sustentáveis

O Espaço Dexis de Londrina sediou um evento pra lá de especial na manhã desta terça-feira (20): a primeira edição do Conecta Negócios Sustentáveis, reunindo cerca de 30 empresas da cidade que produzem com foco em ações sustentáveis.

A data do lançamento da atividade foi escolhida para estar dentro das ações comemorativas da Semana dos Objetivos Globais, realizada pela ONU para acelerar ações relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e que coincide com a realização da Assembleia Geral da ONU.

O evento foi aberto pelo superintendente de Negócios da Sicredi Dexis, David Conchon, que ressaltou o papel do espaço criado pela cooperativa para conectar pessoas e negócios e a importância do comprometimento das empresas e também da Sicredi Dexis com a sustentabilidade e com o desenvolvimento da comunidade.

Em sua fala, Conchon destacou o trabalho das empresas que “estão pensando fora da caixa” e observou a diferença entre ser grande e grandioso. “O grandioso sai do modelo de só querer ganhar dinheiro. São pessoas que pensam no impacto positivo que causam à sociedade”, disse.

“Nossa cooperativa nasceu pequena e hoje é a maior do sistema Sicredi. Portanto é grande, mas sobretudo é grandiosa por tudo o que faz dentro das práticas ESG (Envirommental, Social and Governance)”, disse e citou projetos e programas como a instalação de energia limpa nas agências, plantio de árvores, campanha União Solidária, programa A União Faz a Vida e, entre tantos outros, também as assembleias anuais que levam informações e esclarecimentos aos associados.

O evento também contou com palestra remota de Pedro Augusto, coordenador de Adesão de novas empresas no Pacto Global da ONU no Brasil. Ele falou sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e como fazer parte da iniciativa.

Negócios sustentáveis

O projeto Conecta Negócios Sustentáveis foi idealizado pelo setor de Sustentabilidade da Sicredi Dexis. O objetivo, segundo Kássia Furtado, analista de Comunicação de Marketing, é que as empresas que tenham práticas sustentáveis se conectem e compartilhem informações. “Uma pauta muito importante para nós é a sustentabilidade e a união de negócios para que todos prosperem”, comentou.

Vanessa Santos, responsável pela área de Sustentabilidade, destacou que o evento foi formatado de acordo com os princípios que norteiam o olhar da cooperativa para a comunidade, pautado em ações que proporcionam o desenvolvimento regional de forma sustentável. “Para nós, é importante percorrer essa caminhada com parceiros como vocês”, disse ela na apresentação do projeto.

No evento, as cerca de 30 empresas, entidades e instituições presentes apresentaram cases e trocaram cartões, numa ação de divulgação de boas-práticas e networking.

Entre os cases apresentados estava a GMTex – Indústria Têxtil, criada em 1999 e que tem, desde sua criação, a preocupação com seus impactos no meio ambiente. Segundo a gerente Roberta Moreira Lima, a GMTex tem capacidade para produzir em torno de 250 mil peças de calças e bermudas nos tecidos jeans e sarja por mês, chegando a gerar de 10 a 15 toneladas de resíduos. Tudo é reaproveitado, fomentando a cadeia de produção e projetos sociais que utilizam o resíduo têxtil como matéria-prima, promovendo a economia circular deste material, através de upcycle, reciclagem, artesanato e patchwork. São mais de 400 diferentes produtos produzidos. Ela também informa que a GMTex foi a primeira indústria têxtil do Brasil a ter a Certificação Lixo Zero. A confecção foi certificada em 2020 pelo Instituto Chico Mendes e em 2021 pelo Instituto Lixo Zero.

Também participou do evento a artesã Dani César. Em seu ateliê, produz bonecas e objetos de decoração utilizando materiais recicláveis, como feltro feito a partir de garrafas PET; e CDs. “Precisamos entender que quando retiramos esses produtos da natureza para reaproveitá-los, estamos cuidando de nosso planeta”, disse ela.

O projeto desenvolvido pelo setor de Sustentabilidade será levado a outras cidades atendidas pela Sicredi Dexis, que atua no Norte e Noroeste do Paraná; Centro e Centro-Leste Paulista.

Compartilhar esse post:
[instagram-feed feed=1]