Criado para estreitar relações com associados pessoa jurídica, promover desenvolvimento local e intensificar o relacionamento entre os empresários, o projeto Conecta Empresas, da Sicredi União PR/SP foi lançado na agência da cooperativa de crédito da Zona Norte de Londrina, no último dia 6.

O encontro reuniu associados estabelecidos num raio de 800 metros da agência, que atuam em setores diversos, para que juntos pensem nos problemas e soluções que possam proporcionar maior giro de negócios e desenvolvimento da localidade.

O trabalho será desenvolvido com monitoria da Sicredi União PR/SP até março de 2022, como projeto-piloto em cinco agências – uma em cada Regional da cooperativa (Norte e Noroeste do Paraná, Maringá, Centro e Centro-Leste Paulista).

Ainda no próximo ano, deverá chegar a 40 agências, segundo informa Carlos Cavalheiro, gerente do Segmento Empresa da cooperativa. Ele, junto com Jairo Moreira Neto, assessor de Negócios e Convênios, coordenam o projeto, que, com o tempo, será estendido às 108 agências da cooperativa.

 “Nosso objetivo é promover networking e incentivar que esses empresários sejam os propositores de projetos. Nós da cooperativa seremos o agente impulsionador dessas propostas”, esclarece Cavalheiro. Ele cita como exemplos de projetos que podem ser propostos, a revitalização da região, melhoria da iluminação e soluções para estacionamento.  

O gerente da agência da Zona Norte, Leandro Gobbo, destaca a satisfação de ter a agência escolhida para a realização do projeto-piloto na Regional Norte. “Estamos inseridos numa localizada muito importante e o conceito do Conecta Empresa é o de fomentar ainda mais os negócios dessa região e criar, dentro da agência, um ambiente que fomente a integração e fortaleça essa região empresarialmente”, disse.

Ele reforça que o Conecta Empresas visa construir ‘pontes’ e intensificar relacionamentos mais duradouros com troca de informações entre os membros associados, oferecendo treinamentos de negócios, aprendizado com cases dos membros, divulgação da sua marca e principalmente gerar networking entre os associados participantes. Com isso, pretende-se movimentar a economia local, gerando novos negócios e sustentabilidade financeira.

Associados aprovam

Para a empresária Débora Alves Pimentel, proprietária de lojas de celulares e acessórios, a expectativa com o projeto é grande. “Gostei do nome e da proposta. Precisamos nos conectar com nossos vizinhos comerciantes e fazer a diferença na região”, diz ela que tem negócios há 14 anos na zona Norte.

O imobiliarista Marcos Fávaro também considerou a proposta interessante. “Nossa região é grande e tem tudo, mas ainda muita gente busca produtos fora. Essa união vai ser muito importante para todos nós”, analisa.

Os comerciantes se reunirão uma vez por mês. Ao final dos trabalhos, segundo Carlos Cavalheiro, o objetivo é que o grupo de empresários participantes se amplie e continue unido, trabalhando em prol da região.

Avaliar:

(0)