O Instituto CoopConecta, da Sicredi União PR/SP, e a Cocamar entregarão, nesta quinta-feira (dia 23), os primeiros prêmios da campanha União Solidária. Serão três iPhone XR para moradores de São Carlos do Ivaí/PR, Guaravera/PR e Mococa/SP que foram contemplados em 4 de setembro. As entidades responsáveis pela venda dos cupons premiados também serão contempladas: cada uma vai receber R$ 3 mil.

Na cerimônia em São Carlos do Ivaí, que vai acontecer às 16h na rua Doná Isabel, 867, estarão presentes representantes da agência da Sicredi União PR/SP, da Apae – que vendeu o cupom premiado – e da Paróquia São Carlos Borromeu.

Este é o quarto ano consecutivo da campanha, que continuará até fevereiro de 2022. Até agora 400 entidades, por meio de 440 projetos, participam da União Solidária. Depois que elas têm os projetos aprovados, recebem cupons para comercialização e ficarão integralmente com o valor da venda.

Já a população pode ajudar as entidades comprando cupom ao custo de R$ 10 e assim ajudarão projetos voltados para idosos, deficientes, crianças, entre outros públicos, além de concorrem a prêmios mensais.

Os cupons podem ser adquiridos eletronicamente ou de forma física, mas neste caso é preciso cadastrá-lo em www.campanhauniaosolidaria.com.br. Até o final da campanha serão sorteados três patinetes elétricos, três notebooks, três smart TVs, três bicicletas elétricas, três carros Fiat Argo e seis motos Honda CG Start.

As entidades responsáveis pela venda de cada cupom também são premiadas. Ainda dá tempo das entidades participarem, cadastrando o projeto no site da campanha, que acontece em 113 cidades de atuação da Sicredi União PR/SP e/ou Instituto Cocamar. O Lions Distrito LD 6 apoia a ação.

Desde que foi criada, a União Solidária impacta milhares de vidas. Em 2018 foram 550 mil em 31 cidades, envolvendo 150 entidades; em 2019 foram 690 mil vidas impactadas, atendidas por 437 entidades de 113 cidades; e no ano passado, 692 mil pessoas atendidas por 466 entidades também em 113 cidades. As arrecadações foram de R$ 1,3 milhão no primeiro ano; R$ 3,5 milhões em 2019; e R$ 4,1 milhões no ano passado.

Avaliar:

(1)