Se há algumas décadas certos debates não tinham relevância entre as empresas e instituições, hoje, tem se tornado cada vez mais necessário pensar gestão e estratégias interligando meio ambiente, sociedade e governança. Essa é uma tendência conhecida internacionalmente como ESG, cuja importância vem crescendo nos últimos anos.

Mas afinal, o que significa ESG? Muito além de uma sigla, trata-se de uma maneira de reger os negócios enxergando além dos assuntos estritamente organizacionais e que pode apresentar benefícios no bem-estar dos colaboradores e também na maneira com a qual o público enxerga a sua empresa.

Abaixo, vamos explicar com mais detalhes o ESG e como ele pode ser uma peça importante no desenvolvimento do seu negócio.

o que significa esg fluxo de caixa

O que é ESG?

A sigla ESG abrevia as palavras environmental, social and corporate governance, que podem ser traduzidas como meio ambiente, sociedade e governança. O termo começou a ser utilizado no ano de 2006, e embora seja relativamente recente no Brasil, já é uma grande realidade nos Estados Unidos, na Europa e no Japão.

O objetivo é pensar estratégias e adotar políticas na empresa que englobem esses três pilares e cooperem para um ambiente sustentável – não somente no que tange à ecologia, mas sim na criação de um ecossistema que cause cada vez menos impactos negativos à sociedade como um todo.

caderno com inscrições sobre o que significa esg: environment social governance
O ESG é baseado em três pilares: meio ambiente, sociedade e governança.

Para se ter uma ideia da importância desse tópico para os negócios, quase 90% das empresas listadas no S&P 500 (um dos principais índices da bolsa de valores americana Dow Jones) possuem relatórios de práticas de ESG. 

Aqui no Brasil, a B3 disponibiliza um índice chamado S&P/B3 Brasil ESG, baseado na Dow Jones e dedicado exclusivamente a “medir a performance de títulos que cumprem critérios de sustentabilidade”.

Quais são as melhores práticas de ESG nas empresas?

Não basta entender o que significa ESG, mas sim compreender seus tópicos e enxergar medidas práticas para cada um. Por isso, separamos os três pilares e exemplificamos algumas práticas sustentáveis.

  • Meio ambiente: considera a relação entre investimento e impacto, e pode abranger tópicos como a maneira com a qual a empresa lida com seu lixo, a emissão de carbono, o emprego de químicos, a utilização de recursos como energia e água, entre outros.
  • Sociedade: esse tópico trata das relações sociais da empresa – como os funcionários são tratados? Como funciona a inclusão e a acessibilidade de indivíduos de diferentes etnias e classes sociais, LGBQIA+ e pessoas com deficiência? Qual a relação entre a empresa e o ecossistema em que ela está inserida?
  • Governança: se refere às mudanças positivas geradas pela empresa, como colaboradores bem remunerados, diversidade na liderança, bom relacionamento com fornecedores e acionistas, recusa a práticas corruptas e cumprimento de obrigações legais.

Quais os benefícios em aplicar o ESG?

O conceito está totalmente ligado ao comportamento dos consumidores. Isso porque essas pessoas estão cada vez mais ligadas a questões para além de produtos ou serviços de uma empresa, buscando saber, por exemplo, a procedência, as práticas, os processos de produção e as matérias-primas.

Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa publicada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em 2020, 62% dos consumidores brasileiros já boicotaram alguma marca por violação a direitos trabalhistas, maus tratos a animais, crimes ambientais, discriminação ou posicionamento político.

Toda essa consciência não afeta somente as empresas, mas também os investidores. Hoje, boa parte dos fundos de pensão globais, family offices e ventures levam em consideração as estratégias do ESG na hora de fazer seus investimentos – afinal, não vale a pena financiar uma empresa com práticas negativas e que ainda podem gerar rusgas com o público.

o que significa esg quais os benefícios do esg
As estratégias de ESG são levadas em consideração por investidores durante negociações.

Por fim, vale ressaltar que o ESG tende a trazer benefícios para a própria instituição. Ao diversificar os cargos de liderança, por exemplo, você pode trazer uma visão mais abrangente ao negócio, diversificando pontos de vista. 

Já ao oferecer melhores condições aos colaboradores, é possível torná-los mais engajados e participativos dentro da empresa. Por fim, a adoção de práticas ligadas ao meio ambiente resulta muitas vezes em economia financeira e de recursos dentro da empresa.

Como implementá-lo na sua empresa?

Agora que você já sabe do que se trata o ESG e como ele pode gerar um impacto positivo em sua empresa, que tal aplicá-lo em suas estratégias? Não é necessário que isso seja feito de uma hora para outra, mas é possível começar com pequenas ações.

Revise os processos da empresa

Há muitos setores e procedimentos em que o ESG pode ser aplicado, porém eles nem sempre são tão óbvios. Por essa razão, é muito importante que você faça uma revisão em processos internos e observe oportunidades para agir de forma mais sustentável.

Para isso, faça pesquisas com os colaboradores para que deem seu ponto de vista sobre o funcionamento da companhia. Além disso, peça o auxílio das lideranças para debater cada um dos pontos e encontrar boas soluções.

Lembre-se de que o exercício de autocrítica é essencial e deve ser feito periodicamente. De tempos em tempos, aplique esse mesmo método e esteja pronto para revisar as práticas da empresa e aplicar novos processos. Se necessário, crie uma força tarefa multidisciplinar para liderar essas discussões.

Invista em práticas ecológicas

A sustentabilidade é tópico que permanece há anos entre as grandes discussões do mercado, e assim deve permanecer por muito tempo. O fato é que as práticas ecológicas podem ser adotadas por sua empresa desde por meio de gestos simples aos mais complexos.

Caso a companhia ainda não tenha nenhuma prática, comece pelo básico: tenha um sistema de separação do lixo, realize a coleta seletiva e a reciclagem, evite desperdícios de energia ou materiais e evite insumos descartáveis. 

Defina propósito, missão e valores

Toda empresa deve ter parâmetros sociais e éticos para guiar suas decisões. A definição de propósito, missão e valores pode parecer algo supérfluo, porém é uma ótima ferramenta para integrar o time e mostrar ao público quais as suas prioridades.

Inclua nessas frases palavras sobre meio ambiente, sociedade e governança, e que demonstrem que o ESG é uma prioridade para o funcionamento da companhia. Além disso, busque reforçar essas questões para que elas, de fato, influenciem as escolhas diárias de todos. 

Crie grupos de discussão

Que tal trazer debates para dentro da empresa? Juntamente com a equipe, crie grupos para gerar debates com temas como sustentabilidade, diversidade, transparência e inclusão.

o que significa esg crie grupos de discussão
Por meio de grupos de discussão, é possível chegar em soluções sustentáveis para sua empresa.

O objetivo dessas “forças-tarefa” será discutir ideias, reunir referências e encontrar soluções que possam ser incorporadas e que, de alguma forma, contribuam para o ESG dentro da empresa. É importante que os grupos tenham encontros periódicos e que sejam compostos por pessoas de diferentes setores, a fim de enriquecer a argumentação.

Defina indicadores de desempenho

Para fazer o acompanhamento dessas estratégias, crie métricas e indicadores de desempenho – os famosos KPIs. Eles são essenciais para definir onde sua empresa quer chegar e visualizar o progresso diariamente.

Além disso, você poderá utilizar esses números a seu favor, motivando os colaboradores a participar das estratégias ESG e demonstrando ao público que a empresa está contribuindo para um ambiente mais sustentável.

Não basta saber o que significa ESG, é preciso estar atento a como esses pilares se relacionam à sua empresa. Dessa forma, é possível adotar práticas sustentáveis e posicionar-se com relação ao público e ao mercado, além de melhorar o funcionamento da própria companhia. 

Para receber novos conteúdos sobre empreendedorismo, investimentos e tendências de mercado diretamente no seu e-mail, basta preencher o formulário e assinar nossa newsletter!

Avaliar:

(1)