Estar perto, ouvir, ensinar e aprender juntos: estes são os objetivos das visitas que o presidente da Sicredi União PR/SP, Wellington Ferreira, está fazendo em todas as agências da cooperativa

O diferencial cooperativista é o relacionamento. Mais do que entregar serviços financeiros, o acolhimento, o bom atendimento e o relacionamento com o associado sempre foram e serão benefícios da participação em uma instituição financeira cooperativa.

Mas essas premissas não podem ser apenas faladas, e sim vividas pelas instituições e seus líderes. E esse sempre foi o olhar do presidente da Sicredi União PR/SP, Wellington Ferreira, que, após quase dois anos de isolamento, está visitando presencialmente as agências, conversando com cada colaborador, ouvindo anseios e vitórias neste tempo e, como sempre, distribuindo aprendizado.

Os primeiros colaboradores a receberem a visita foram os da Regional Maringá, cuja área de atuação abrange 28 municípios e conta com 25 agências. E os encontros têm sido proveitosos. Quem confirma é o gerente regional, Sérgio Gentilin. “Acreditamos que se o colaborador conseguir transmitir para o associado o orgulho que tem de trabalhar conosco, é a receita do sucesso. As visitas promovem aculturamento principalmente dos colaboradores jovens e recém-chegados. Conhecer o presidente, a história dele, como começou a cooperativa… isto não tem preço”, destaca.

Quem não esconde a satisfação de ter tido a oportunidade de conversar com o presidente é a estagiária Jaqueline Beatriz de Matos, de Maringá. Cursando o terceiro ano de Ciências Contábeis, ela ingressou na cooperativa há quatro meses. “Foi um dia marcante e inspirador. Na Sicredi União PR/SP tanto o associado como o colaborador são tratados com valor. Quando descobri todas as estratégias e os esforços da cooperativa, entendi mais sobre nosso papel. É como o presidente falou: o que faz com que as pessoas venham às agências? Nosso atendimento faz a diferença”.

Os encontros são momentos também de lembrar as dificuldades que a Sicredi União PR/SP enfrentou, a importância de não desistir e de bem atender os associados. O que impulsionou a cooperativa a colocar as pessoas em primeiro lugar no processo, incentivando o desenvolvimento e o propósito pessoal e coletivo.

Maior cooperativa do Sistema Sicredi, a Sicredi União PR/SP tem mais de 1,3 mil colaboradores. “Numa cooperativa desse tamanho ter o presidente nas agências é diferente, realmente marca a equipe, que se sente segura, abraçada e inserida. Em muitas empresas o presidente não tem relacionamento com ninguém. Aqui é diferente e todos são importantes para o negócio”, declara o gerente da agência Astorga, Murilo Scandelae de Morais.

As visitas têm sido igualmente importantes para o presidente. “Estar entre as pessoas sempre foi o que gostei de fazer e, mesmo com a pandemia, conseguimos, de forma virtual. Não nos distanciarmos do colaborador, mas essas visitas são um presente para mim, vivenciar o dia a dia do trabalho e do aprendizado não tem preço. Além do mais, continuo aprendendo o que é ser cooperativa, e os colaboradores têm um espaço primordial nisso. O gestor que não ouve seus colaboradores e não participa ativamente do dia dia da instituição precisa aprender muito ainda a como ser cooperativo”, Wellington Ferreira.

Avaliar:

(2)