importância da tecnologia no agronegócio

O uso de recursos tecnológicos no campo não é exatamente uma novidade. Desde 1780, as máquinas e implementos agrícolas começaram a ser utilizados no Reino Unido e nos Estados Unidos durante a colheita e tiveram um grande avanço no período pós-Segunda Guerra, quando se popularizaram.

Entretanto, quando falamos na importância da tecnologia no agronegócio, não estamos nos referindo apenas aos maquinários. O avanço da Indústria 4.0 tem possibilitado o uso de inteligências artificiais, internet das coisas, sistemas cibernéticos e big data, entre outros recursos.

Para o produtor, isso pode simplificar tarefas corriqueiras, além de significar informações em tempo real para tomada de decisões e conseguir oferecer um produto final com maior qualidade. 

Você conhece as principais tendências tecnológicas para o agronegócio? Para que você se mantenha informado, elaboramos um panorama sobre o tema, e em seguida, citamos os tópicos que estarão em alta nos próximos anos. Boa leitura!

Um panorama do avanço da tecnologia no agronegócio

O dicionário Michaelis define a tecnologia como “Conhecimento técnico e científico e suas aplicações a um campo particular.” Se considerarmos que a agricultura é uma das atividades mais antigas desenvolvidas pelo ser humano e existe desde o período Neolítico, há mais de 12 mil anos, tudo o que foi desenvolvido desde então pode ser considerado “tecnologia”.

Entretanto, olhando sob um prisma contemporâneo, podemos eleger a Primeira Revolução Industrial como marco na tecnologia para o agronegócio. Foi a partir da necessidade de escalar a produção de alimentos que os produtores começaram a estudar a fundo o plantio e desenvolver novas soluções.

Durante o século 18, foram inventadas máquinas para auxiliar na colheita e no plantio, capazes de acelerar os processos agrícolas. Da mesma forma, os conhecimentos físicos, químicos e biológicos avançaram consideravelmente.

Nos anos seguintes, ocorreram outras Revoluções Industriais: a Segunda, entre o fim do século 19 e início do século 20, foi responsável pela energia elétrica e os combustíveis à base de petróleo e popularizou a mão-de-obra mecânica; já a Terceira, a partir da década de 1950, efetivou o processo de industrialização e a junção entre ciência e tecnologia, fomentou o uso de defensivos e fertilizantes e ajudou a fortalecer o Brasil como potência agrícola.

importância da tecnologia no agronegócio um panorama do avanço da tecnologia no agronegocio
O uso de fertilizantes é um importante marco da Terceira Revolução Industrial na agricultura.

O momento em que nos encontramos é chamado de Quarta Revolução Industrial, também conhecido como Indústria 4.0. É caracterizado pela utilização de sistemas, softwares, computação em nuvem e inteligências artificiais na realização de tarefas.

Como o agronegócio acompanha os avanços tecnológicos, é comum se referir ao período a partir da década de 2010 como Agricultura 4.0.

Tecnologia no agronegócio: confira as principais tendências

Agora que já entendemos o que aconteceu no agronegócio até aqui, chegou a hora de olhar a importância da tecnologia no agronegócio no futuro! Abaixo, listamos algumas das principais tendências ligadas ao agronegócio e como elas podem contribuir para os resultados da sua produção.

Novas funcionalidades para o GPS

O GPS não é uma tecnologia nova – existe desde a década de 1990 e tornou-se um item indispensável para os produtores agrícolas, especialmente na medição de áreas, monitoramento de equipamentos e armazenamento de dados com eficiência.

Para os próximos anos, a tendência é que sejam criadas novas funcionalidades, possibilitando um mapeamento ainda mais detalhado . Isso pode contribuir para a automatização de alguns serviços como a pulverização, a semeação e a colheita.

Drones na agricultura e pecuária

Não é incomum ver imagens feitas por drones, seja nos filmes, nas redes sociais ou em eventos e casamentos. Mas você já parou para pensar em como esses equipamentos podem auxiliar no gerenciamento rural?

No caso de plantações, os drones podem ajudar a detectar pragas, monitorar o desenvolvimento da safra e encontrar possíveis focos de incêndio. Também estão sendo desenvolvidos modelos para ajudar na pulverização, já que é possível cobrir todo o terreno e ainda fazer imagens para registrar a atividade.

importância da tecnologia no agronegócio drones na agricultura e pecuária
Com inúmeras funções, os drones têm se tornado essenciais para o futuro da agricultura.

Com relação à pecuária, o equipamento pode acompanhar pastagens, contar a boiada e encontrar animais que eventualmente tenham se perdido.

O uso de Big Data

Um dos grandes fatores de importância da tecnologia no agronegócio é a forma como podemos transformar tudo o que fazemos em dados e organizar essas informações de maneira inteligente, que sirva na tomada de decisões. Isso é o que chamamos de Big Data.

Essa solução pode ser implantada por meio da aplicação de sensores e softwares de computação que monitoram, mapeiam, colhem dados e geram relatórios com relação a produtividade, clima, geologia, biologia e muitos outros fatores. 

A partir daí, você pode direcionar sua tomada de decisão visando uma produção mais sustentável, ágil e com custos menores. Além disso, você economiza tempo em atividades maçantes e pode focar mais especificamente nas decisões do negócio. 

Monitoramento por sensores

Os sensores não servem apenas para estratégias a médio e longo prazo. Você também pode utilizá-los no monitoramento da sua propriedade de fatores como detecção de pragas e doenças, temperatura, irrigação, quantidade de compostos nas plantas e desenvolvimento. 

importância da tecnologia no agronegócio monitoramento por sensores
Por meio de sensores, é possível ter informações sobre o plantio em tempo real.

A melhor parte de tudo isso é ter acesso aos dados em tempo real por meio da conexão 4G. Todas as informações são compiladas e podem ser mandadas para softwares de computador ou aplicativos de dispositivos móveis.

Popularização da biotecnologia

Você deve ter ouvido falar sobre biotecnologia agrícola. Esse conceito, que já existe desde meados do século passado, visa utilizar os avanços tecnológicos como forma de encontrar soluções na agricultura.

Um exemplo de utilização dessa ferramenta foi o desenvolvimento de fertilizantes e pesticidas acessíveis e que não danificam ou impedem o desenvolvimento das plantas – algo que já é bem difundido entre os produtores.

Para os próximos anos, a biotecnologia terá o objetivo de identificar e selecionar melhores genes nos cultivos, que permitam uma maior escalabilidade da agricultura. Hoje, já há dezenas de startups captando recursos e desenvolvendo maneiras de tornar esses avanços ainda mais acessíveis.

Cooperativismo rural e avanços na agricultura

A importância da tecnologia no agronegócio é fruto de pesquisas científicas que ainda estão em desenvolvimento e são passíveis de discussão. Para estar sempre à frente nesse debate, é ideal que você tenha contato com outros produtores como você. 

Uma das principais formas de participar ativamente dos avanços na agricultura e tecnologia é sendo um cooperado rural. Isso porque o movimento cooperativista tem como mote a promoção de debates sobre o crescimento sustentável e conjunto da comunidade.

Além disso, você não é um mero associado, mas sim dono da cooperativa. Isso significa que terá voz ativa em todas as decisões, bem como participação na distribuição dos lucros.


A Sicredi União PR/SP é uma cooperativa que atua no meio rural e oferece soluções como captação de recursos, custeio de safras, crédito e investimentos para o agricultor. Para saber mais, clique no banner abaixo!

importância da tecnologia no agronegócio

Avaliar:

(0)