A pandemia do coronavírus trouxe muitas consequências para o comércio. Lojas fechadas, estoque parado, funcionários demitidos… Muitos empreendimentos não conseguiram segurar as pontas e acabaram fechando.

Se você conseguiu passar pela crise sem fechar as portas, mas viu o faturamento da empresa despencar, é hora de analisar o seu negócio e saber como preparar o caixa para a volta parcial do comércio.

Ao contrário do lucro líquido, que é a diferença entre receitas e despesas, o faturamento corresponde à soma das vendas de produtos e/ou serviços em determinado período. Para simplificar, é todo o dinheiro que entra no caixa da empresa.

Com essa informação em mãos, veremos agora como se preparar para não ficar no vermelho.

Previsão e ajuste das despesas

Analise todos os custos da sua empresa e identifique alguns que podem ser reduzidos ou até cortados sem afetar o desempenho do seu negócio. Faça previsões de quanto poderá faturar e os possíveis gastos. A partir disso, trace planos e escolha prioridades para distribuir os recursos que sua empresa dispõe.

ODV 10 pilares de gestão para microempresas.

Depois de olhar para dentro do seu negócio, é hora de observar fatores externos, como: concorrência, capacidade de produção, período de safras, entre outros. Tudo isso é volátil e pode sofrer alterações, portanto, é preciso estar sempre de olho para talvez mudar suas estratégias.

O nome disso é orçamento ajustado ou forecast, uma resposta às mudanças. Você tem uma situação na sua empresa e uma fora dela, com relação a mercado, consumidor, inflação e diversos outros fatores. Adequar-se às mudanças externas e lidar com elas é o exercício do orçamento ajustado. 

Negociação com fornecedores

Negociar bem os preços com seus fornecedores é uma ótima forma para pequenas empresas se tornarem mais competitivas no mercado. Afinal, qual consumidor não quer pagar mais barato por um produto ou serviço?

Quer aprender como negociar com seus fornecedores? Confira sete dicas logo abaixo:

1. Tenha um plano B

Não dependa exclusivamente de um fornecedor. Tenha outras opções até para poder negociar um preço melhor, já que a lei de oferta e procura te beneficiará nesse momento.

2. Conheça seus limites

Estabeleça um valor limite para negociação. O fornecedor não precisa saber qual seria esse preço. Ele serve para você saber até onde compensa abrir mão. Isso vale também para prazos de entrega e condições de pagamento.

3. Construa relacionamento

Ter um bom relacionamento com o seu fornecedor só traz benefícios. Claro, mantendo sempre um equilíbrio e não se esquecendo que vocês estão fazendo negócios. Se os dois conseguirem sair ganhando na negociação, excelente! Essa confiança tornará a relação saudável.

Dois homens conversando e apontando para um papel
Um bom relacionamento com seu fornecedor te ajudará a conseguir melhores condições de contrato.

4. Tente desvendar o outro lado

Seguindo a dica anterior, esse relacionamento saudável entre as partes te ajudará a entender como seu fornecedor pensa, os limites dele e te ajudará na elaboração do plano B.

5. Deixe a emoção de fora

Como na dica número três, construa um relacionamento de confiança, mas deixe a emoção de fora. Quando ela entra em jogo, os riscos da negociação desandar são mais altos. Vá conversar com seu fornecedor com informações precisas do que você quer e preparado para se comunicar de forma apropriada e firme.

6. Cuidado com a postura corporal

Mesmo sem palavras, o corpo fala muito do que a gente está sentindo. Se você demonstrar muita fraqueza, seu fornecedor pode querer dominar a negociação e tirar vantagem. Uma postura muito agressiva também não é legal. O mais correto é demonstrar firmeza, sem nervosismo e mostrar que você sabe o que está fazendo.

7. Não fale demais

Somente o necessário, já que muita informação fornecida na hora da negociação pode abrir pretextos para o fornecedor usá-las contra você mesmo. Um exemplo é você falar que precisa da mercadoria o quanto antes, porque seu estoque acabou e os clientes estão pedindo. Isso é uma mina de ouro para o fornecedor, que vai perceber seu desespero e jogar o preço dos produtos lá no alto.

Estratégias e ações comerciais

Fique sempre de olho na concorrência para saber o que você pode fazer de diferente para atrair mais clientes. Eles precisam perceber por que comprar na sua empresa é melhor do que nas outras. 

Além do preço e da qualidade do seu produto e serviço, o que atrai e conquista clientes é a qualidade do atendimento. Se ele for atendido com simpatia, alegria e ter seu problema resolvido, com certeza se sentirá seguro e confortável para voltar mais vezes.

Uma boa forma de atrair novos clientes é: 

  • Encontrar seus clientes potenciais;
  • Conquistar esses clientes;
  • Mantê-los conquistados;
  • Aumentar as vendas para eles.
Duas mulheres sentadas em uma mesa conversando com uma mulher em pé
Um bom atendimento, com simpatia e atenção, ajuda a conquistar seus clientes.

Fluxo de caixa

Acompanhar o fluxo de caixa é importante para ter noção do passado e do futuro da empresa, além de, claro, saber como ela está funcionando no presente. Com isso, você terá noção de quais períodos o faturamento aumenta ou cai para agir em cima dessa informação, antecipando a solução caso a empresa venha a sofrer com problemas financeiros.

O fluxo de caixa não pode ficar desatualizado e precisa levar em consideração provisões de venda, sem apelar para o famoso “achismo”. Procure metas reais e com fundamento.

Cuidar bem da sua empresa e tratar as finanças com total responsabilidade é um caminho para aumentar o faturamento no futuro, por isso é necessário agir com muito discernimento.

A Sicredi União PR/SP é uma cooperativa de crédito focada no crescimento sustentável de empresas de todos os portes. Se precisar de crédito, entre em contato com uma das agências das 109 cidades do Paraná e São Paulo onde a Sicredi União PR/SP atua. 

Micro e pequenos negócios contam com taxas de juros melhores, prazos flexíveis para pagamento e condições gerais direcionadas e facilitadas para esse perfil de atividade.  

Venha para a Sicredi União PR/SP e conheça as soluções mais adequadas para o seu perfil. Clique no banner!

Avaliar:

(0)