empreendedorismo pós pandemia

Não há como negar que os últimos anos foram difíceis para os empreendedores. A pandemia de Covid-19 afetou boa parte dos negócios, e, de acordo com o relatório do Global Entrepreneurship Monitor, o faturamento das empresas brasileiras caiu consideravelmente, em alguns casos chegando a 70%.

Com o avanço da vacinação, já é possível começar a pensar em um cenário de empreendedorismo pós-pandemia. Muitas das mudanças que ocorreram no período devem permanecer, como novos hábitos de consumo e demandas dos consumidores, e sua empresa precisa estar preparada para esse cenário.

A seguir, trouxemos estudos feitos por grandes instituições que preveem alguns dos comportamentos que devem fazer parte do novo perfil de consumidor. Aproveite a leitura para avaliar esses pontos e entender como é possível implantá-los em sua empresa!

A retomada do consumo

De acordo com pesquisa do IBGE, o gasto das famílias em 2020 sofreu uma queda de 5,5% em comparação com o ano anterior, o maior índice desde 1996. Isso, evidentemente, se deve ao isolamento social e à paralisação de alguns serviços.

Em um momento de retomada das atividades, especialistas do World Economics Forum apontam que o consumo terá papel fundamental no crescimento econômico, assim como aconteceu em outras grandes recessões mundiais. 

Ao longo da normalização das atividades presenciais, acredita-se que haverá mais movimentações de dinheiro com relação ao consumo, seja por parte das pessoas reassumindo cargos profissionais e gerando mais renda, quanto por aqueles que fizeram economias durante a quarentena e querem investir em grandes experiências para compensar o período em que permaneceram isolados.

empreendedorismo pós pandemia a retomada do consumo
O consumo deve fazer parte da retomada das atividades econômicas na vida pós-pandemia.

Seu negócio deve estar preparado para esse cenário! Antes mesmo que as atividades sejam retomadas por completo, avalie se sua empresa está pronta para receber esse novo fluxo de consumidores prontos para gastar seu dinheiro. Da mesma forma, pense em como oferecer uma melhor experiência de compra, para muito além do produto/serviço oferecido.

Crescimento das compras digitais

empreendedorismo pós pandemia fluxo de caixa descomplicado

O isolamento social acelerou uma série de mudanças que já eram iminentes à transformação digital. O comércio eletrônico, por exemplo, vinha se expandindo ano a ano, mas em 2020, viu um crescimento de 73,88% em relação ao período anterior, um índice que tende a se manter no futuro.

Segundo um levantamento feito pela McKinsey & Company com o público, outros setores que devem continuar em avanço são o e-grocery (supermercados online), a telemedicina e os cuidados com a casa.

Como podemos observar, muitas dessas tendências se relacionam ao consumo digital. Mesmo após o fim do distanciamento social, muitos devem continuar fazendo compras virtualmente, saindo apenas para adquirir produtos e serviços específicos. 

Como empreendedor, independentemente do modelo de negócio, você deve avaliar: como está sua presença digital? Se for o caso, o seu produto ou serviço é atrativo a ponto de tirar alguém de casa para consumi-lo? Esses pontos serão determinantes para o sucesso de sua empresa!

Sustentabilidade

Por falar em hábitos de consumo, outra palavra que tem aparecido com mais frequência entre as prioridades das pessoas é sustentabilidade. Durante a pandemia, a procura por marcas e produtos ecologicamente corretos aumentou, ou seja, empresas que não fazem testes em animais, utilizam matéria-prima certificada, minimizam o descarte de resíduos no ambiente, valorizam sua mão de obra e investem na sociedade em que estão inseridos.

Para o empreendedorismo pós-pandemia, considere empregar estratégias de ESG, uma maneira de reger os negócios que leva em consideração meio ambiente, sociedade e governança. Tendo como prioridade esses três pontos, a empresa tende a ser mais transparente e atrativa para com o público.

Lembre-se que estamos falando de um consumidor mais exigente. Utilizar a sustentabilidade de forma meramente panfletária não será visto com bons olhos, portanto, se for aderir a esse tipo de gestão, faça de forma verdadeira. 

Flexibilização de espaços de trabalho

Por mais difícil que tenha sido para alguns se adaptar ao home office durante os primeiros meses da pandemia, é inegável que o trabalho remoto se provou muito vantajoso em diversas situações. 

É possível afirmar que esse modelo deve continuar, mesmo que parcialmente. De acordo com estudo da McKinsey & Company, em caso de cargos em que não há perda da produtividade no home office, o aumento pode ser de até cinco vezes, com algumas empresas aderindo entre três e cinco dias de trabalho remoto por semana.

Em razão disso, esteja preparado para um processo de flexibilização de espaços de trabalho em sua empresa após a pandemia. A sede e as reuniões presenciais continuam sendo importantes, entretanto a praticidade e a produtividade devem ser ainda mais valorizadas. 

empreendedorismo pós pandemia flexibilização de espaços de trabalho
Mesmo com a volta de atividades presenciais, permita o home office como flexibilização do espaço de trabalho.

Uma dica é conversar com sua equipe e com as lideranças para entender quais as necessidades e preferências de todos e, assim, chegar a um modelo híbrido mais viável.

Humanização dos negócios

As discussões sobre saúde mental nunca estiveram tão em alta quanto durante o período de quarentena. O isolamento social e a perda de entes queridos trouxe à tona a relevância de falar sobre o assunto 

No caso do empreendedorismo, a humanização é importante tanto em relação ao público quanto à equipe. No primeiro caso, busque um atendimento mais personalizado e atento às necessidades do bem-estar da pessoa, se apresentando de maneira transparente e oferecendo soluções personalizadas para cada um.

Nas redes sociais, crie conteúdos de qualidade sobre as principais dores do público, dando dicas e informações para solucioná-las – mesmo que elas estejam além de seu produto ou serviço.

No que se refere aos colaboradores, proponha debates sobre a empresa e sobre como é possível tornar o trabalho mais confortável e agradável para todos. Afinal de contas, se a equipe faz o negócio acontecer diariamente, é justo procurar entender e atender às demandas de todos.

Estar à frente de uma empresa traz desafios diários, e vivenciar o empreendedorismo pós-pandemia não será diferente! Aqueles que estiverem atentos às mudanças no mercado e ao comportamento do seu público poderão investir em mudanças no próprio negócio e se posicionar à frente da concorrência.


Se você é empreendedor e pretende ficar por dentro de todas essas mudanças, assine a newsletter do Sicredi União PR/SP! Todos os meses enviamos conteúdos e materiais exclusivos com dicas para o seu negócio, basta preencher o formulário abaixo para receber diretamente no seu e-mail!

Avaliar:

(1)