Atividade volta a acontecer quinzenalmente

A feira de artesanato e produtos locais de Charqueada (SP) voltou à Praça Antônio D’Alprat, no centro da cidade, no último domingo (19). A atividade seguirá acontecendo duas vezes ao mês e sempre no mesmo local.

A volta do tradicional evento da cidade, que estava parado há alguns anos, deu-se pela parceria entre a Sicredi União PR/SP e Prefeitura de Charqueada. “Entramos com a capacitação dos artesãos e outros pequenos comerciantes da cidade, interessados em comercializar seus produtos, além de ceder as barracas para os expositores protegerem seus artigos”, afirmou Ives Paulo Fávero Polveiro gerente da agência Sicredi Charqueada.

Durante a feira, foram colocadas em exposição – e comercializados -bordados, bijuterias, crochê, pinturas, chinelos customizados, artefatos feitos em madeira, materiais recicláveis e tecidos, além de produtos artesanais da cidade como cachaça, licor e mel. As barracas, segundo a Prefeitura, ficarão quinzenalmente no local, das 9h às 13h.

Feira aconteceu à Praça Antônio D’Alprat, no coração de Charqueada (SP)

O objetivo do evento, segundo a administração local, é permitir a geração de renda dos artesãos locais e outros interessados em participar da feira podem procurar começa a trabalhar somente em abril.

“A ideia foi da nova equipe de governo e que encontrou todo o respaldo necessário, e que faltava, com a Sicredi, que mostrou-se ser um grande parceiro, nos oferecendo apoio na estrutura e na capacitação dos expositores”, afirmou o prefeito Rodrigo de Arruda, que prestigiou a feira com seu vice, Jonas Lanjoni de Pino Junior.

A realização do evento não foi comprometida pela pandemia de Covid-19, sendo que todos os protocolos sanitários criados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus foram respeitados na volta da feira, para evitar aglomerações.

Autoridades municipais com representantes da sicredi

O chefe de projetos turísticos de Charqueada, Gabriel Campos, disse que, desde o início da atual gestão, a pasta tem trabalhado na retomada do tradicional evento. “Após a maioria dos expositores já ter tomado as duas doses de vacina contra Covid-19, todos sentem-se seguros para apresentar seus trabalhos, então foi possível abrir um cadastro e convidar os artesãos para uma reunião”, afirmou.

“A Feira tem muita tradição na cidade, porém há muito tempo ficou desativada. A atual gestão municipal, preocupada em aproximar e valorizar a classe dos artesãos e produtores locais, abriu um cadastro online e convidou para uma reunião. Para isso, entramos em contato com a Sicredi que nos deu total apoio e irá patrocinar as tendas para os artesãos exporem seus produtos”, completou Campos.

Com 70 anos de idade, Matilde Suze Cleobe Marinelli Truck comercializa seus produtos na feira

Entre os expositores, a senhora Matilde Suze Cleobe Marinelli Truck expôs seus chinelos customizados. “Personalizo sandálias há cinco anos, mas não há lugares específicos para vender os produtos, então acho que ideia muito importante, pois, assim como eu também há outras pessoas que necessitavam de um espaço para isso”, disse a artesã, de 70 anos.

Para deixar o domingo mais alegre em volta da praça, a Prefeitura também colocou um trenzinho para passear pela cidade. “O domingo está perfeito, só acho que está faltando música”, afirmou brincando Samilly Sobral Campelo. “Mas a iniciativa está de parabéns, pois tinha que ir até a cidade de São Pedro (município vizinho), para expor meu trabalho, sendo que, aqui na cidade, tem muita gente interessada”, informou a artesã, que produz faixas de cabelo, laços, e tiaras.

Como associada à Sicredi União PR/SP, na agência de Charqueada, Samilly aprovou o investimento da instituição financeira cooperativa. “É incrível o sentimento que a gente tem quando vê tudo aqui pronto e parece que foi como se eu mesmo estivesse ajudando. Dá uma grande satisfação”, completou.

Samilly Sobral Campelo é associada Sicredi União PR/SP e também uma das artesãs expositoras

Avaliar:

(7)